botão play OUÇA AO VIVO

notícias

Campanha destaca os valores nutricionais e a versatilidade de receitas com o grão-de-bico

terça-feira | 12-02-2019

– Foto: Gislene Alencar

 

EMBRAPA – O busdoor, uma das ferramentas utilizadas para memorização de mensagens publicitárias em veículos – e que vem sendo utilizado pela Embrapa Hortaliças (Brasília, DF) nos ônibus e vans que transportam os seus funcionários -, está de cara nova: as imagens são de grão-de-bico e mostram a leguminosa preparada na forma de chips, ensopado, farinha, pasta, macarrão, salada e hambúrguer, e também incluem informações sobre as propriedades nutricionais desse alimento, reconhecido como fonte de proteína, vitamina C, ômega 6 e ácido fólico, entre outras.

A escolha do grão-de-bico para figurar nas peças de comunicação faz parte das comemorações do dia 10 de fevereiro de 2019, definido como o primeiro Dia Mundial do Feijão & dos Pulses (ervilha, lentilha, grão-de-bico e feijões) e pode ser vista como uma das ações incluídas nesse evento global, assinado pelo Ibrafe (Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses), Pulses – The Future of Food e GPC (Global Pulse Confederation). Informações sobre as atividades que podem ser desenvolvidas para celebração da data podem ser acessadas no endereço http://pulses.org/world-pulses-day.

O evento que celebra as leguminosas foi inspirado na decisão da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) que instituiu 2016 como o Ano Internacional dos Pulses. Desde então, esses grãos vêm crescendo em visibilidade e importância, haja vista iniciativas governamentais para fortalecer a produção, a exemplo do Plano Nacional para o Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Feijão e Pulses, apresentado pelo MAPA em junho de 2018.

Destaque
Além de figurar entre as leguminosas mais consumidas no mundo, o destaque do grão-de-bico nas peças publicitárias para os ônibus e as vans da Embrapa Hortaliças tem estreita relação com a disponibilização das novas cultivares desenvolvidas pela pesquisa, bem como das tecnologias geradas para a cultura.

De acordo com o pesquisador e chefe-geral da Embrapa Hortaliças Warley Nascimento, responsável pela reativação do programa de melhoramento genético de leguminosas na Embrapa, a adaptação dos novos materiais de grão-de-bico tem se mostrado acima das expectativas. “Uma das grandes vantagens do grão-de-bico é a sua rusticidade, com baixa demanda de água e colheita mecanizada. Seu cultivo é mais simples, por exemplo, que o do feijão”, assinala Nascimento.

Segundo ele, a partir desse cenário o grande desafio que se apresenta é aumentar o consumo de grão-de-bico no País, que atualmente é de apenas 40 gramas por habitante/ano. Daí a importância, em sua opinião, de ações de comunicação, a exemplo das mensagens do busdoor.

“A ideia é chamar a atenção do público em geral para a versatilidade de preparo e consumo e, principalmente, para as características nutricionais desse alimento e, para isso, o busdoor é bastante eficiente – por ser uma mensagem em movimento, ela chega a mais lugares e pessoas”, anota o pesquisador.

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Top Notícias

Cepea

BM&F