botão play OUÇA AO VIVO

notícias

Resultados do projeto Rural Sustentável são discutidos com BID e DEFRA

quinta-feira | 13-09-2018

– Foto: Embrapa

 

EMBRAPA – Pesquisadores e técnicos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS) apresentaram na última sexta-feira, dia 31 de agosto, em Brasília-DF, os mais recentes resultados alcançados dentro do projeto Rural Sustentável. O projeto busca melhorar a gestão da terra e das florestas nos biomas Amazônia e Mata Atlântica por meio da adoção de tecnologias alinhadas ao Plano de Agricultura de Baixo Carbono (Plano ABC) em propriedades rurais dos estados da Bahia, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Pará e Rondônia.

Os resultados foram avaliados por representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), executor financeiro do projeto; do Fundo Internacional para o Clima (International Climate Fund – ICF) do Ministério da Agricultura, da Alimentação, da Pesca e dos Assuntos Rurais do Governo Britânico (DEFRA), financiador; do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA); e da Fundação Banco do Brasil (apoio técnico). A Embrapa é responsável pela gestão das atividades de P&D e o IABS pelas ações de logística, transferência e comunicação em 70 municípios dos sete estados envolvidos.

Renato Rodrigues, secretário de Inteligência e Relações Estratégicas da Embrapa, e um dos líderes do projeto, explicou que o trabalho de pesquisa está direcionado para quatro vertentes: mitigação das emissões de efeito estufa (GEE), melhoria das bases de dados de desmatamento evitado, percepção do produtor rural quanto à adoção e benefícios econômicos das tecnologias e práticas agrícolas de baixo carbono e avaliação das propostas técnicas submetidas por instituições de assistência técnica e extensão rural.

“O conhecimento e os dados gerados vão contribuir para o trabalho da Plataforma Multi-institucional de Monitoramento das Reduções de Emissões de Gases de Efeito Estufa na Agropecuária, a Plataforma ABC”, afirmou ele, lembrando que o projeto vai avaliar também como as tecnologias de baixo carbono contribuem para evitar o desmatamento. Além da SIRE, o projeto conta com a participação direta da Embrapa Solos, da Embrapa Agrobiologia, da Embrapa Agrossilvipastoril, da Embrapa Soja e da Embrapa Gado de Leite.

Renato apresentou alguns dos resultados parciais obtidos pelos pesquisadores em três anos de experimentos de 100 hectares no Mato Grosso com adoção do sistema Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF): a emissão de gases de efeito estufa diminuiu 20% quando comparado a um sistema de lavoura tradicional; 10% quando comparado a um sistema de pastagem tradicional; e em até 50% quando comparado a sistemas tradicionais que envolvam floresta plantada mais lavoura e mais pastagem.

Quando se usa o sistema integrado junto com a adubação nitrogenada em pastagens degradadas, o processo mostrou-se três vezes mais eficiente que o tradicional, com ganhos de até 800% no ganho do peso do animal. A pesquisa também detectou que animais criados em sistemas integrados com árvores frequentam menos os bebedouros em comparação com aqueles criados em sistemas convencionais, a pleno sol – a redução pode chegar a 19%.

Metas superadas – Os resultados de logística, transferência e comunicação foram apresentados pelo IABS e surpreenderam os avaliadores por terem superado boa parte das metas previstas inicialmente no projeto. Até agosto de 2018 tinham sido instaladas 299 das 350 Unidades Demonstrativas previstas. Já o total de Unidades Multiplicadoras  implementadas (3.637) superou a meta estabelecida, que foi de 3.360. Dos 2.260 dias de campo previstos na meta, 799 já tinham sido realizados. E três outros resultados já tinham superado também a meta prevista: 18.292 produtores capacitados (a meta era 11.220), 2.386 agentes de assistência técnica treinados (a meta era 1.120) e 46.573 hectares de desmatamento evitado (para uma meta inicial de 41.560).

 

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Top Notícias

Cepea

BM&F