botão play OUÇA AO VIVO

notícias

Syngenta desenvolve inseticida contra a malária

quinta-feira | 26-04-2018

Inseticida é resultado de colaboração iniciada em 2009

A Syngenta anunciou nesta semana que um novo ingrediente ativo de inseticida para atuar contra a resistência dos vetores da malária começou a ser desenvolvido. O ingrediente ativo tem novo modo de ação e é resultado da colaboração da Syngenta e a Innovative Vector Control Consortium (IVCC) para identificar e desenvolver novas áreas de química inovadora, feitas para o controle de mosquitos vetores. O trabalho colaborativo começou em 2009.

A Organização Mundial da Saúde estimou que em 2016 havia 216 milhões de casos de malária em mais de 90 países no mundo. A doença mata cerca de 445 mil pessoas anualmente e muitos são pequenos agricultores. A África Subsaariana é a região mais afetada com 91% das mortes. Segundo pesquisas, quando um pequeno agricultor é infectado durante uma colheira, a produtividade baixar praticamente 50%.

A Syngenta com o IVCC contaram com o financiamento de muitas entidades para desenvolver o ACTELLIC 300CS. O inseticida é usado em 32 países africanos por recomendação da OMS e ajuda a proteger 40 milhões de pessoas. A estimativa é de que a transmissão da malária já se tenha reduzido em 40% no leste do Zimbábue e 60% no Norte do Gana.

“Com o Actellic® 300CS estamos alcançando ótimos resultados, mas estamos cientes de que novas soluções são necessárias para o controle sustentável destes vetores. Nosso trabalho, em conjunto com o IVCC, é descobrir e desenvolver essas soluções, que podem transformar radicalmente a saúde pública em regiões onde as pessoas vivem com a ameaça diária da malária, e erradicar a doença até 2040”, afirma Erik Fyrwald, CEO da Syngenta.

Fonte: Agrolink

Top Notícias

Cepea

BM&F